ARTIGO

Prontuário das Instalações Elétricas (PIE)

O PIE (Prontuário das Instalações Elétricas), segundo o Ministério do Trabalho e Emprego do Brasil, é definido como um sistema organizado de informações pertinentes às instalações elétricas e aos trabalhadores que organiza o conjunto de procedimentos, ações, documentações e programas que toda empresa deverá possuir, a fim de se obter as melhores condições operacionais e de segurança para o sistema elétrico operacional.

A implantação da NR10, através dos seus instrumentos, pode ser comparada a implantação de normas como a ISO14000 ou ISO18000, sendo os principais instrumentos o RTI (Relatório Técnico das Inspeções), o laudo técnico operacional do sistema de SPDA (Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas), o Diagnóstico e o Laudo Técnico das Instalações Elétricas.

Todas as empresas com potência instalada superior a 75kW devem manter o PIE atualizado. Ele deve ser organizado e mantido atualizado pelo empregador ou pessoa formalmente designada pela empresa, devendo permanecer à disposição dos trabalhadores envolvidos nas instalações e serviços em eletricidade.

O PIE deve conter um conteúdo mínimo que dependerá do porte e da complexidade das suas instalações elétricas. O conteúdo é abrangente e dependerá da capacidade da equipe técnica da empresa em diagnosticar, analisar e implementar as soluções adequadas de forma a garantir que:

- As instalações elétricas da empresa estejam adequadas.

- A empresa adquira somente os equipamentos e materiais adequados.

- Procedimentos sejam elaborados e aplicados pelos trabalhadores.

- Ordens de Serviços sejam emitidas.

- Só sejam utilizados equipamentos ensaiados e testados.

- Toda atividade seja precedida de uma Análise de risco.

- Toda situação de Emergência seja atendida de forma padronizada.

- As instalações elétricas sejam atestadas por meio de um laudo independente.

- A empresa estabeleça os procedimentos administrativos necessários para uma eficiente gestão da segurança elétrica.

- As especificações de EPI, EPC e demais equipamentos estejam disponíveis a todos os trabalhadores.

- As instalações elétricas sejam mantidas adequadamente através de um plano de manutenção preventiva e / ou preditiva.

- Sejam realizadas auditorias periódicas no sistema de segurança elétrica.